domingo, 23 de março de 2014

OS ADVOGADOS E JESUS (Parte II)

 Este pensamento ou reflexão foi escrita no ano de 2012. não se trata de argumentos para julgar e tratar o fato acontecido em sí, mas, para pensar a respeito da condição humana, alguém disse: "Deus é bom, o diabo é mau e nós seres humanos, somos mais ou menos." e porque nós somos mais ou menos bons e maus, precisamos de parâmetros especiais para reger a nossa conduta e atitudes, e estes parâmetros estão na palavra de Deus que é a nossa regra de conduta e fé.
              **********************************************************************
Quando um advogado aceita um caso, ele tem em mente normalmente uma única motivação, a perspectiva financeira; ele não conhece o réu senão naquilo em que o réu se deixa conhecer. E com base neste conhecimento superficial trabalha sua tese de defesa. Jesus Cristo, O advogado constituído por Deus, nos conhece intimamente, por ser Ele mesmo, Deus. Aquele que nos criou e que conhece nossas fraquezas, Ele mesmo veio a terra e viveu como um de nós sendo em tudo tentado, como em tudo somos tentados, mas não cedendo às tentações foi tudo vitorioso, Jesus não nos conhece superficialmente e sim profundamente, e a sua motivação para atuar em nossa defesa não é outra senão o amor. De acordo com o livro do profeta Isaías, capitulo 53, Ele (Jesus) se fez maldição em nosso lugar, “Ele se fez culpado para nos absolver da punição do pecado”. Jesus Cristo é o filho único de Deus e o Único caminho pelo qual se chega a Deus. motivado pelo amor de Deus aceitou prontamente defender réus de juízo como eu e você da condenação eterna, através de sua morte na cruz do calvário. Morte terrível.
A Bíblia afirma que em nenhum outro nome há salvação, só no nome de Jesus e que encontramos o único meio de nos salvar da condenação do inferno.
Só para pensar.
Quando o ministério público nomeia um advogado para defender um réu, este réu precisa aceitar tal advogado, não o aceitando ficará sem defesa. Ao aceitar Jesus como seu advogado, você terá O Único advogado capaz de, ao mesmo tempo defendê-lo e justificá-lo diante de Deus. Não o aceitando, não haverá “defesa” pra você diante de Deus. A Bíblia diz: “quem tem o filho (JESUS) tem a vida, quem não tem a ira de Deus permanece sobre ele”. Evangelho de João 3:36 / I João 5;12
Você precisa aceitar O ADVOGADO nomeado por DEUS. JESUS CRISTO.
Por outro lado é necessário também pensar na figura do PROMOTOR DE JUSTIÇA, um advogado constituído para desempenhar um trabalho de grande importância.
Este profissional, assim como o advogado de defesa, empenha-se em estudar, ler, reler, analisar, ouvir, investigar, conhecer os fatos periciais e expor tudo diante do tribunal do júri, de maneira a levar cada jurado a entender suas teses e concluir todo o trabalho num julgamento “justo”. O papel do promotor de justiça pode ser comparado ao papel de acusador (o promotor é a parte responsável por lei, para apresentar um caso contra um indivíduo suspeito de contrariar a lei em um julgamento criminal, e ou defender, em juízo ou extrajudicialmente, os interesses coletivos da sociedade.), alguém que faz tudo legalmente para, acusando o réu, provar sua culpabilidade e promover sua condenação, obtendo êxito em um grande número de casos.
Usando a figura do promotor, como analogia, é preciso saber que, do mesmo modo que temos O advogado JESUS para nos defender, também temos um “promotor = acusador” a nos acusar diante de DEUS. Este acusador tem nome, ele se chama satanás, ele não é onisciente, mas sabe de todos os nossos erros e pecados, ele conhece todas as nossas fraquezas e tudo o que sabe e se empenha em fazer é nos acusar buscando a nossa condenação.
Este “acusador” diferentemente dos promotores de justiça, não tem moral nem ética para tal função, pois ele mesmo é culpado diante do justo juiz DEUS, ele mesmo já foi condenado juntamente com sua equipe os “demônios”, para o lago de fogo que arde eternamente, porém ele fará de tudo para que um número maior de pessoas sejam de igual modo condenadas; se pudesse expressar numa frase sua vontade, esta frase seria: “eu com certeza irei para o inferno, mas levarei muitos comigo”, e ele cumpre bem sua função de matar, roubar e destruir, no Evangelho de João 10:10 em sua primeira parte, ele é chamado de ladrão; ao longo da historia milhões de pessoas têm sido roubadas dos propósitos de Deus e levadas à morte espiritual, pelo engano de satanás.  Suas armas têm sido as mesmas em toda historia da humanidade, a mentira, o engano, e a destruição dos valores eternos do Reino de DEUS.
Por esta razão, você deve aceitar o advogado nomeado por DEUS para defendê-lo, pois naquele dia em que todos comparecerão diante do grande Juiz, este acusador estará presente e tentará de todos os meios, usando todos os argumentos e recursos, provar sua culpa e alcançar como êxito sua condenação, porém se você tiver O advogado JESUS, Ele mostrará nas mãos as marcas da sua redenção, em seu lado a marca da sua liberdade, em sua fronte a marca do preço pago pela sua vida, mostrará no Seu corpo para todos verem que Ele mesmo tomou o seu lugar, pagando pelos seus erros, para que através D’Ele você fosse de uma vez por todas salvo da morte para a vida. JESUS morreu no meu lugar, no seu lugar, mas não permaneceu morto, ao terceiro dia ressuscitou está vivo, e naquele dia dirá: “O Meu sangue o purifica de todo o seu pecado, todas as acusações perdem seu valor pelo meu sacrifício na cruz, ali todo o preço foi definitivamente pago, estás livre, entre no reino que está preparado para ti desde antes da fundação do mundo”.
“mas a todos quantos o receberam, deu-lhes o poder de serem feitos filhos de DEUS, a saber, os que crêem no seu nome” (evangelho de João 1:12)
“todos aqueles que aceitam o advogado Jesus, crêem no poder que há no seu nome, e por fé aceitam o seu sacrifício, podem ter a certeza de que foram adotados por DEUS como filhos amados e queridos”. (releitura pessoal).
Você precisa aceitar O ADVOGADO nomeado por DEUS. JESUS CRISTO.
A MOTIVAÇÃO DE DEUS É O AMOR
“Porque DEUS amou você de tal maneira que deu o Seu Único Filho, para que se você nele crer não pereça, mas tenha a vida eterna”. Evangelho de João 3:16